Saiba como baixar todos os dados que o WhatsApp coletou de você

Sábado, 28 Abril 2018

 

O WhatsApp liberou nesta semana uma nova ferramenta que permite aos usuários solicitarem e baixarem um relatório com todos os dados de suas contas que são coletados pela aplicação. A medida vem em conformidade a novas leis de privacidade vigentes na Europa, mas o recurso foi aplicado a todos os usuários globais do serviço de comunicação instantânea.

Sua utilização é gratuita, mas não imediata. A partir do menu de configurações do WhatsApp, é possível solicitar a emissão do relatório para download, que leva algum tempo para ficar pronto – o software prevê um prazo máximo de três dias, mas, na realidade, a espera pode levar desde poucos minutos até 24 horas, de acordo com a quantidade de usuários solicitando acesso às informações. Uma notificação é emitida assim que o processo é finalizado.

Uma vez efetuado o download, o usuário pode, então, verificar que tipo de informações são usadas pelo WhatsApp para garantir seu funcionamento. São dados como fotos, grupos do qual o utilizador faz parte e também os contatos com os quais ele se comunica, com direito a números de telefone e outras informações disponibilizadas em status ou apelidos usados no perfil.

Sendo assim, algumas ações relacionadas a tais aspectos podem cancelar, sem aviso prévio, a confecção do relatório. Alterar o número de telefone do WhatsApp, registrar um novo aparelho ou excluir a conta no mensageiro também interromperão o processo, obrigando o utilizador a realizar a requisição novamente, aguardando o prazo. Uma vez pronto, o arquivo fica disponível por “algumas semanas”, de acordo com a empresa, mas só reflete as informações disponíveis até o momento da solicitação.

Como usar

Na interface principal do WhatsApp, clique nas reticências, no canto superior direito da tela e, depois, em “Configurações”.

 

 

Na sequência, escolha a opção “Conta” e, depois, “Solicitar dados da conta”.

 

 

Por fim, clique em “Solicitar relatório” para iniciar o processo. A mensagem na tela indicará o tempo estimado até o relatório ser disponibilizado. O celular pode ser usado normalmente, com uma notificação sendo emitida quanto o download estiver pronto.

 

 

Em outras novidades relacionadas às mudanças nas regras de privacidade, o WhatsApp também está aumentando a idade mínima para utilização da aplicação, de 13 para 16 anos de idade. Entretanto, uma confirmação relacionada a isso somente será exibida para usuários na Europa e não se sabe como, nem se, o mensageiro realizará algum tipo de verificação sobre isso.

 

Referência: Canaltech