Facebook está treinando inteligência artificial para humanizar chatbots

Segunda, 29 Janeiro 2018

 

Depois de várias tentativas de criar chatbots, o Facebook aprimorou a tecnologia aos poucos, mas esses robôs virtuais ainda não são muito bons em bater um papo aleatório como se fossem uma pessoa de verdade. Afinal, essas IAs ainda não apresentam uma personalidade bem construída e consistente, podendo ser até mesmo contraditórias em uma conversa. E, em muitas situações, suas respostas são pré-programadas, deixando óbvio que são apenas máquinas.

Para começar a resolver o problema, engenheiros do Facebook construíram um sistema que ajuda a treinar essas IAs, buscando deixá-las mais humanas. Esse sistema, baseado em uma tecnologia da Amazon, conta com mais de 160 mil linhas de diálogo, e a ideia é dar aos chatbots uma personalidade similar à de uma pessoa de verdade.

Uma biografia personalizada é criada para cada chatbot. Um deles, por exemplo, foi instruído a acreditar que é um artista, tem quatro filhos, recentemente adotou um gato, gosta de fazer caminhadas e ama assistir a Game of Thrones. Essa construção de personalidade faz com que o chatbot tenha mais consistência em suas conversas.

Claro que esse avanço ainda não significa que um chatbot com um pouquinho de personalidade vá se equiparar a um ser humano conversando ali com o usuário, mas abre caminho para que a tecnologia seja aperfeiçoada com esse objetivo.

 

Raferência: Canaltech