Como funciona o Kindle, leitor de livros digitais da Amazon

Terça, 09 Julho 2019

Kindle se destaca por ser um dos principais e-readers à venda no Brasil. Dividido em três modelos – Kindle, Kindle Paperwhite e Kindle Oasis –, os dispositivos possuem tela e-ink, que oferece uma leitura menos cansativa, recursos para marcar trechos dos livros e páginas, e até mesmo a promessa de uma bateria que pode durar até seis semanas. Confira, a seguir, como funciona o aparelho da Amazon.

Tela e-ink

O Kindle se destaca pela tela e-ink. A tecnologia simula uma espécie de papel impresso, já que "imprime" os livros no painel com uma espécie de tinta eletrônica. O recurso retira a necessidade de utilizar luz para gerar as imagens, o que alivia o cansaço visual e evita o reflexo da luz mesmo sob o sol. O display, porém, é monocromático, diferentemente de celulares e tablets.

Kindle promete tela sem reflexos — Foto: Divulgação/Amazon

 

Bateria

A bateria é um dos destaques do Kindle. Segundo a Amazon, os modelos mais recentes prometem seis semanas longe das tomadas com uso moderado, marca bastante superior a qualquer smartphone ou tablet da atualidade.

Kindle possui bateria com 6 semanas de autonomia — Foto: Mashable

 

Como colocar livros?

É possível comprar livros pelo computador ou até mesmo pelo Kindle. Os conteúdos estão disponíveis na Amazon com opções pagas ou gratuitas. Esses produtos, após a aquisição, são enviados automaticamente aos dispositivos conectados à conta.

Além disso, há o Kindle Unlimited

, uma espécie de Netflix para livros com mais de 1 milhão de títulos por R$ 19,90 ao mês. Os usuários também podem adicionar conteúdos em PDF ou em formato Mobi adquiridos em outras lojas.

Kindle: livros podem ser comprados na loja da Amazon ou baixados — Foto: Ebook Friendly

 

Funções de texto

A versatilidade não fica de fora com o Kindle: o dispositivo oferece recursos que complementam a leitura, como a consulta ao dicionário ou Wikipedia. É possível, também, realizar anotações, marcar páginas e grifar trechos do livro.

Kindle possui funções para grifar textos, marcar páginas e consultar dicionários — Foto: Tec Mundo

 

Modelos à venda no Brasil

Atualmente, a Amazon está com três modelos disponíveis no Brasil. O Kindle 10 é a opção de entrada, com armazenamento de 4 GB e tela iluminada por R$ 349. Já o Kindle Paperwhite é um pouco mais caro (R$ 499) e oferece resistência à prova de água, vem com mais capacidade interna – 8 GB ou 32 GB – e melhor resolução.

Kindle Oasis (2019) é o mais caro e traz tela maior, botões para virar página, resistência à água e mudança de tonalidade da iluminação conforme a iluminação. O preço sugerido é de R$ 999.

 

Referência: Techutudo